Telefone: (51) 3254 8400

Remédios naturais para aliviar as alergias de primavera
Publicado em 21 de novembro de 2016

Young woman with allergy symptom blowing nose in park

A chegada dos dias quentes é um dos melhores momentos do ano. Contudo, para muitas pessoas, o desabrochar das primeiras flores é sinônimo de pólen, que por sua vez dá origem às temíveis alergias primaveris, acompanhado dos seus desagradáveis sintomas.

Por isso é muito habitual sentir comichão nos olhos, espirros e congestão nasal. Para paliar estes sintomas existe a medicação, mas outra alternativa, é a utilização de remédios naturais para aliviar as alergias de primavera, que por vezes mostram-se suficientes sem o recurso a medicamentos.

Mel da sua região

Se tem alergia ao pólen, este remédio caseiro pode ajudar. Tomar uma colher de mel biológico local todos os dias pode ajudar a aumentar a sua imunidade ao pólen da área onde vive. É importante que utilize mel local, ou seja mel produzido na sua região, porque contém vestígios do pólen da sua zona, ao qual você é alérgico. Este remédio natural torna-se mais eficiente, se tomar uma colher de mel durante todo o ano, e não apenas durante a época de alergias.

Lavagens nasais

Faça lavagens regulares ao nariz, de manhã, tarde e noite. Estas lavagens vão ajudar a remover o excesso de muco e os alergénios, reduzindo enormemente as reações alérgicas. Para fazer as lavagens nasais usa-se água do mar, que pode encontrar em sprays nasais na farmácia. Mas pode fazer um spray nasal caseiro: em ½ litro de água morna, adicione não mais de 1/4 colher de chá de sal marinho. Encha um frasco de spray ou uma pompete com este líquido e faça lavagens diárias em cada narina.

Cura de aloé vera

O tratamento com oloé vera contra a alergia ao pólen é um excelente remédio caseiro particularmente rico em nutrientes que fortalecem o sistema imunológico, pois contém minerais e enzimas que ajudam a evitar a secreção excessiva de histamina. Tome durante quatro semanas um copo de aloé vera (2 dl) por dia.

Inalações de vapor à noite:

Ferva 1 litro de água e despeje-a num recipiente. Adicione os seguintes óleos essenciais: 2 gotas de óleo de eucalipto, 2 gotas de óleo da árvore do chá e 3 gotas de óleo de alecrim. Tape a cabeça com uma toalha, incline-se e respire o vapor.

Olhos inchados:

Se tem constantemente os olhos inchados com lacrimejo e a ardência, as compressas com chá de eufrásia podem ajudar. Ferva 3 dl de água, apague o fogo e junte duas colheres de chá desta planta, tape e espere 10 minutos. Molhe um pano ou bolas de algodão na infusão (depois de arrefecer) e coloque durante um quarto de hora sobre as pálpebras fechadas.

Alimentos que devem ser evitados

Existem alguns alimentos que deveriam ser retirados da sua alimentação pois podem agravar os sintomas da alergia. Evite durante a época do pólen os alimentos que contêm histamina, como queijo, salame, nozes, atum e vinho branco. Tal como acontece com o mel local, é também bom comer os alimentos produzidos localmente, especialmente vegetais folhosos verdes, tanto quanto possível durante todo o ano para aumentar a sua imunidade aos alérgenos locais. Outros alimentos aconselháveis são maçãs com casca, feijão verde e couves. Estes alimentos contêm o pigmento vegetal quercetina, que por sua vez, bloqueia a liberação de histamina. Deve-se também, beber bastante líquido, especialmente água mineral, já que umidifica as mucosas e reforça a barreira contra o pólen.

Limpeza de primavera

Embora pareça algo muito óbvio, mas ao manter a casa o mais limpa possível durante a estação das alergias ajuda bastante a aliviar os sintomas. O pólen pode viajar através do ar e pousar em qualquer lugar, por isso limpe o pó e passe o aspirador com mais frequência durante a primavera e no início do verão. É claro que o uso de produtos de limpeza naturais, em vez de produtos sintéticos (já que podem agravar os sintomas alérgicos), são os ideais, para quem sofre de alergias. Lave-se, especialmente o cabelo, pois nele esconde-se o pólen. Lave-o antes de se deitar para eliminar todos os vestígios de pólen, caso contrário estaria exposta aos alergénios durante toda a noite.

À noite

Não dormir com a janela aberta. Se o fizer, feche-a por volta da 4h da manhã. Este é o horário em que o pólen começa a flutuar.

Fonte: www.remedios-caseiros.net